“Ballet de Causa Única”

Uma linha é um ponto que passeia

Da Minha Aldeia Vejo Quanto Da Terra Se Pode Ver Do Universo

Digitópia X Anos

“O Porquê das Coisas”

Transarkiv

Semibreve 2015 – “Roedelius and guests”

O incontornável momento de confronto com a minha condição humana